Português Inglês Espanhol

Teste de Bender: Versão de Rastreio para a Avaliação da Maturidade Perceptomotora

17/12/2019

O Teste Gestáltico Visomotor de Bender (teste de Bender) visa avaliar a maturidade perceptomora, que consiste na capacidade de perceber e integrar estímulos externos para expressar uma ação motora, essa habilidade tem sido relacionada à linguagem, a conceitos espaciais e temporais, à capacidade de organização, ao planejamento, à atenção, à memória e à coordenação motora. É utilizado tanto no ambiente clinico quanto no escolar. É um instrumento pertinente para estudo devido à maturidade perceptomora se mostrar como preditora de possíveis de dificuldades de aprendizagem. Ele é composto por imagens com elementos específicos para fornecer uma discriminação na capacidade perceptiva das crianças avaliadas, visto que o público-alvo corresponde à faixa etária de 6 a 10 anos.

O objetivo deste estudo é buscar evidências de validade de conteúdo e de critério, considerando a idade e o sexo para uma versão abreviada denominada versão de rastreio do B-SPG. A sigla SPG corresponde ao Sistema de Correção Gradual do Bender adotado tanto no estudo atual quando nos estudos comparativos com a versão longa citados.

 

Highlights

  • Participaram do estudo 693 crianças com idades entre 6 e 10 anos (M=8,42; DP=1,38);
  • A amostra abrangeu meninos e meninas do 1º ao 5º ano do ensino fundamental de escolas públicas;
  • Utilizou uma versão de rastreio com apenas 4 figuras do teste original. A escolha das imagens se deu de acordo com a complexidade e por critérios de maior carga decorrente da análise fatorial;
  • Foi realizada uma avaliação de uma juíza expert na correção de uma subamostra (20% do total) a fim de garantir a maior precisão da correção;
  • Os resultados mostram que a figura 3 é a mais difícil e as figuras 7a e 7b são mais fáceis assim como o estudo com a versão original encontrou;
  • Houve desempenho melhor de crianças mais velhas do que mais novas, evidenciando a capacidade de discriminação do teste;
  • Estatisticamente, não há melhor desempenho das crianças quando se compara os sexos, corroborando maior confiabilidade do teste;
  • Assim, o estudo alcançou os objetivos. Uma limitação é não ter crianças de escolas particulares na amostra nem ter uma representatividade das diversas regiões geográficas do Brasil.

 

Referência:

Otoni, F., & Rueda, F. J. M. (2019). Bender Test: Screening Version for Evaluation of Perceptive-Motor Maturity. Avaliação Psicológica, 18(3), 316-324.

Acessar em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/avp/v18n3/12.pdf

Mural

Escritório Virtual do IBAP trabalhará em Home Office

A partir de 19/03/2020

Webinar Psicopatia: modelos e avaliação