Português Inglês Espanhol

Adaptação transcultural e avaliação de propriedades psicométricas do Emotional Appetite Questionnaire em mulheres de língua portuguesa

03/11/2020

No intuito de avaliar o papel das emoções negativas e positivas, Geliebter e Aversa desenvolveram o Emotional Appetite Questionnaire (EMAQ), que se mostrou confiável e com boa consistência interna, quando aplicado em homens e mulheres de Nova York. Considerando a ausência de um instrumento que avalie de forma mais abrangente o apetite emocional em português brasileiro, o objetivo deste estudo foi realizar a adaptação transcultural e a avaliação das propriedades psicométricas do EMAQ. O nome, em português, proposto foi Questionário de Apetite Emocional - QUEAPEM

 

Highlights:

  • Todos os itens foram considerados aplicáveis para a população em estudo, não havendo necessidade de anular nenhum item original.
  • A experiência prática da aplicação do QUEAPEM e a análise psicométrica por meio do alfa de Cronbach demonstraram boa adequação aos fins aos quais se destina.
  • O CCI e o coeficiente de correlação de Spearman foram fracos para alguns itens.
  • Obteve-se valor adequado do coeficiente intraclasse, embora tenha havido flutuações numéricas, indicando boa reprodutibilidade decorridas até quatro semanas.
  • O QUEAPEM pode ser útil na avaliação do risco de ganho/perda de peso.
  • O estudo detectou um achado ainda não evidenciado em outras pesquisas, que é a possibilidade do apetite emocional estar relacionado ao menor consumo alimentar.
  • O QUEAPEM apresentou-se como um instrumento confiável, de fácil aplicação e administração, para a avaliação do apetite emocional na língua portuguesa.

 

SABRY, Sabrina Dantas et al. Adaptação transcultural e avaliação de propriedades psicométricas do Emotional Appetite Questionnaire em mulheres de língua portuguesa. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 2633-2643, 2020.

https://www.scielosp.org/article/csc/2020.v25n7/2633-2643/pt/

Mural

VIII Congresso Latinoamericano de Psicología

Escritório Virtual do IBAP trabalhará em Home Office

A partir de 19/03/2020