Português Inglês Espanhol

Contributos para o Estudo das Propriedades Psicométricas do BREQ-3

02/12/2020

Apesar de se reconhecerem os benefícios da prática regular de exercício físico para a saúde, a maior parte da população permanece reticente em envolver-se de forma regular em atividades físicas. Uma explicação para a prática/não prática da atividade física e do exercício físico poder-se-á apoiar na teoria da autodeterminação de Deci e Ryan, que foca a sua análise nas diferentes formas de motivação que são conceptualizadas num continuum de regulação comportamental que vai desde a regulação controlada (não-autónoma) até à autonomia. Com o objetivo de aceder à avaliação da regulação comportamental em contexto de exercício físico, surge o Behavioral Regulation in Exercise Questionnaire (BREQ). Este instrumento pretende avaliar o tipo de regulação utilizada na motivação extrínseca (regulação externa, introjetada, identificada) e a regulação usada na motivação intrínseca (regulação intrínseca), bem como a amotivação.

O presente estudo tem como objetivo explorar as propriedades psicométricas do BREQ-3 numa população de adultos portugueses (alunos, docentes e não docentes de uma instituição de ensino superior). A estrutura fatorial foi testada recorrendo a uma Análise Fatorial Confirmatória, fazendo uso de um estimador robusto que tem como pressuposto que os itens se expressam numa escala ordinal (como por definição podemos considerar as escalas de Likert).

 

Highlights:

  • Participaram da pesquisa 996 pessoas com idade entre 17 e 68 anos, sendo 82,6% do gênero feminino
  • Este trabalho revela uma estrutura fatorial muito aproximada ao modelo conceptual no qual o instrumento se baseia.
  • O item 21 foi retirado por os resultados estatísticos darem a indicação de este não se revelar específico do fator a que supostamente pertencia. 
  • O presente estudo evidencia as excelentes qualidades psicométricas do BREQ-3 numa população do ensino superior politécnico nacional que afirmou ter uma prática de exercício físico superior à média da população portuguesa.
  • As mesmas qualidades psicométricas podem ser esperadas numa população geral com níveis de literacia médio-altos

 

Referência:

Dias, I. S., Abreu, M. O., & Figueiredo, C. Contributos para o Estudo das Propriedades Psicométricas do BREQ-3.

Artigo completo em: https://www.aidep.org/sites/default/files/2020-11/RIDEP57-Art4.pdf

Mural

VIII Congresso Latinoamericano de Psicología

Escritório Virtual do IBAP trabalhará em Home Office

A partir de 19/03/2020