Português Inglês Espanhol

Uma Medida de Satisfação com o Relacionamento Amoroso

24/05/2021

A satisfação com o relacionamento é um tema de interesse na área de estudos sobre família, casal e relacionamentos. É correlacionada com desfechos positivos e negativos quanto aos relacionamentos. Dentre as diversas definições presentes na literatura, muitas consideram a satisfação como um balanço entre aspectos positivos e negativos da relação amorosa, isto é, relaciona-se à comparação de benefícios e recompensas ligadas ao relacionamento com as expectativas. Dessa forma, a satisfação global com o relacionamento pode ser considerada uma atitude frente ao relacionamento com o parceiro amoroso. Há poucos instrumentos na literatura nacional que avaliem o construto. Dessa forma, o objetivo do artigo é adaptar para o contexto brasileiro a Escala do Nível de Satisfação com o Relacionamento (ENSRA) de Rusbult et al. (1998). Foram realizados dois estudos e, ao fim, uma versão revisada da escala (ENSRA-R).

 

Highlights

  • No Estudo 1, foi realizada uma etapa piloto em que se investigou evidências de fidedignidade e validade da escala, além da análise das propriedades psicométricas segundo a Teoria de Resposta ao Item (TRI).
  • A amostra piloto correspondeu a 269 adultos que estavam em um relacionamento sério com média de idade de 35,4 anos.
  • Os resultados do Estudo 1 indicaram modificações a serem realizadas na escala a fim de cobrir melhor o traço latente. Assim, os autores construíram a ENSRA Beta que foi foco de investigação do outro estudo.
  • No Estudo 2, o objetivo era investigar as evidências de validade e fidedignidade entre versão original e revisada, analisar a estrutura fatorial e as possíveis diferenças dos resultados entre diferentes gêneros e/ou orientações sexuais.
  • Ao final do Estudo 2, os autores modificaram a versão beta e propuseram a ENSRA-R (versão revisada) após as análises indicarem a melhor estrutura fatorial para o instrumento. Os índices psicométricos foram bons e indicam a validade da escala.
  • Não foi observado efeito de gênero e de orientação sexual na satisfação com o relacionamento.

 

Referência:

Londero-Santos, A., Natividade, J. C., & Féres-Carneiro, T. (2021). Uma Medida de Satisfação com o Relacionamento Amoroso. Avaliação
Psicológica, 20
(1), 11-22. http://dx.doi.org/10.15689/ap.2020.2001.18901.02

Link: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712021000100003

Mural

Nota de repúdio - Demissão arbitrária da Profª Drª Acácia Aparecida Angeli dos Santos

Eleição da Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal